Dicas

A verdade sobre o Claro 4,5G no Brasil

claro 4,5g

A verdade sobre o Claro 4,5G no Brasil

Já diz o ditado em vendas que quem chega primeiro bebe água limpa. De fato, o marketing das Teles faz bem o seu dever casa. Mais do que vender serviços/produtos vendem-se idéias e/ou conceitos.

O conceito de “Meia Tecnologia” não é de hoje!

Quem se lembra do 2.5G lançado e comercializado no Brasil na primeira década do terceiro milênio? Pois bem, ela usava tecnologia GPRS e EDGE com velocidades de até 384 Kbps.

Quem se lembra da Telemig Celular (antes de ser adquirida pela Vivo) com sua chamada “Venha para o Edge”?

Acho que só a Telemig tinha o EDGE ( até 2.75G) para oferecer.

Sobre o Claro 4G

De fato, segundo a OpenSignal, a Claro lidera o ranking de velocidade no 4G no Brasil, bem a frente da concorrência.

4G Claro

O que é o 4.5G?

Lançado no 4º trimestre de 2017, o 4,5G chegou mais com pinta de propaganda do que iniciativa tecnológica.  Como disse o CTO da TIM Leonardo Capdeville, “…não há meia tecnologia….o 4,5G é mais um posicionamento de marketing do que tecnológico”.

Do ponto de vista tecnológico, o 4,5G ainda faz parte da tecnologia/plataforma 4G que utiliza o LTE (Long Term Evolution).

O 4,5G oficialmente conhecido como LTE-A (Long Term Evolution Advanced), oferece velocidades mais rápidas e com maior estabilidade do que 4G,  podendo chegar em até 300 Mbps. O 4,5G consegue ser mais veloz porque consegue agregar múltiplos canais trafegando dados móveis de várias fontes (Estação de rádio base) ao mesmo tempo + o receptor do Smartphone. 

O parágrafo acima que você acabou de ler é muito legal, não fosse pelo fato de que essa afirmação, verdadeira, é fruto de testes em laboratório!

Agora veja o que o Claro 4,5G tem obrigação em te entregar segundo a Anatel

Os 40 (quarentões) de plantão irão lembrar-se do trecho da canção do grupo Biquíni Cavadão – Zé Ninguém – Por Bruno Gouveia e Miguel Cunha:

“…Eu sou do povo, eu sou um Zé Ninguém, aqui embaixo, as leis são diferentes…”.

Resolução nº 575, de 28 de outubro de 2011 – Artigo 22

Art. 22.  Durante o PMT, a Prestadora deve garantir uma Taxa de Transmissão Instantânea na Conexão de Dados, tanto no download quanto no upload, em noventa e cinco por cento dos casos, de, no mínimo:

I –  vinte por cento da taxa de transmissão máxima contratada pelo Usuário, nos doze primeiros meses de exigibilidade das metas, conforme estabelecido no art. 55 deste Regulamento;

II –  trinta por cento da taxa de transmissão máxima contratada pelo Usuário, nos doze meses seguintes ao período estabelecido no inciso I deste artigo; e

III –  quarenta por cento da taxa de transmissão máxima contratada pelo Assinante, a partir do término do período estabelecido no inciso II deste artigo.

Meta do 4,5G exigida pela Anatel

20% é a meta de qualidade exigida pela ANATEL Tendo como base a velocidade potencial de 300 Mbps do 4.5G, a Claro é obrigada a entregar pelo menos 60 Mbps de velocidade.

Ainda é cedo para falar se está sendo cumprida a meta.

Esperamos que a Claro cumpra o nível de qualidade disposto pela Anatel.

A cobertura do Claro 4,5G no Brasil

Dentre os 5570 municípios existentes no Brasil há 140 cidades com a cobertura Claro 4,5G.

AC Rio Branco
AM Manaus
BA Salvador
DF Brasília
ES Vila Velha
ES Vitória
GO Goiânia
MA São Luís
MG Belo Horizonte
MS Campo Grande
MT Cuiabá
PA Belém
PE Recife
PR Curitiba
RJ Carmo
RJ Laje do Muriaé
RJ Macuco
RJ Rio de Janeiro
RJ Santo Antônio de Pádua
RJ São Francisco de Itabapoana
RJ São João da Barra
RJ São Pedro da Aldeia
RJ Sumidouro
RJ Três Rios
RJ Vassouras
RO Porto Velho
RS Capão da Canoa
RS Imbé
RS Porto Alegre
RS Torres
RS Tramandaí
RS Xangri-lá
SC Florianópolis
SP Adamantina
SP Aguaí
SP Amparo
SP Analândia
SP Arandu
SP Araras
SP Areiópolis
SP Artur Nogueira
SP Bariri
SP Barra Bonita
SP Barrinha
SP Batatais
SP Birigui
SP Boituva
SP Botucatu
SP Braúna
SP Caiabu
SP Campinas
SP Capão Bonito
SP Capivari
SP Caraguatatuba
SP Casa Branca
SP Catanduva
SP Cerquilho
SP Colina
SP Cordeirópolis
SP Coroados
SP Cruzeiro
SP Descalvado
SP Dracena
SP Elias Fausto
SP Engenheiro Coelho
SP Espírito Santo do Pinhal
SP Guararapes
SP Guariba
SP Holambra
SP Ibitinga
SP Ibiúna
SP Ilhabela
SP Indiana
SP Inúbia Paulista
SP Iperó
SP Ipuã
SP Irapuã
SP Itanhaém
SP Itapetininga
SP Itapeva
SP Itápolis
SP Itararé
SP Itirapuã
SP Ituverava
SP Jaboticabal
SP Jaú
SP José Bonifácio
SP Leme
SP Lençóis Paulista
SP Luiziânia
SP Macaubal
SP Magda
SP Mariápolis
SP Matão
SP Meridiano
SP Mirandópolis
SP Mococa
SP Mongaguá
SP Morro Agudo
SP Motuca
SP Murutinga do Sul
SP Nova Luzitânia
SP Novo Horizonte
SP Nuporanga
SP Olímpia
SP Orindiúva
SP Orlândia
SP Ourinhos
SP Ouro Verde
SP Pacaembu
SP Pedrinhas Paulista
SP Piedade
SP Pirassununga
SP Pitangueiras
SP Planalto
SP Porto Feliz
SP Ribeirão do Sul
SP Rio Claro
SP Riolândia
SP Sabino
SP Sagres
SP Sales
SP Sales Oliveira
SP Salto de Pirapora
SP Santa Bárbara d’Oeste
SP Santa Cruz das Palmeiras
SP Santo Antônio de Posse
SP Santo Antônio do Pinhal
SP São João da Boa Vista
SP São Joaquim da Barra
SP São José do Rio Pardo
SP São Manuel
SP São Miguel Arcanjo
SP São Paulo
SP São Pedro do Turvo
SP São Sebastião
SP Taguaí
SP Tanabi
SP Taquaritinga
SP Tarumã
SP Tatuí
SP Terra Roxa
SP Tietê
SP Tremembé
SP Turiúba
SP Ubatuba
SP Vargem Grande do Sul
SP Votorantim
SP Votuporanga
TO Palmas

(Fonte Teleco – 03/2018).

Aparelhos 4.5G

Até a data da publicação deste Post, poucos são os aparelhos no Brasil que suportam o Claro 4,5G.

Estes são até o momento, os aparelhos ofertados no site da Claro. Caso você queira navegar em 4,5G também terá que desembolsar no mínimo R$ 2.400,00 por um novo Smartphone.

  • Moto Z² Force Power
  • iPhone X 256GB
  • iPhone 8 Plus 64GB
  • iPhone 8 64GB
  • Samsung Galaxy A8
  • Samsung Galaxy S8 Plus
  • Samsung Galaxy S8
  • LG G6

Caso seu aparelho não seja compatível, você não trafegará em velocidades do Claro 4,5G.

Conclusão

Para que você navegue no Claro 4,5G, você precisará de um Smartphone novo compatível, deverá residir ou estar numa capital e contratar um pacote de dados com uma franquia de no mínima 3GB.

No Plano Claro Prezão, ainda duvido que vá funcionar.

Resta dizer que como inciativa tecnológica é valido este movimento da Claro, sobretudo para ir abrindo caminho ao sonhado 5G.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *