+55 (31) 4141-7429

Oi faz downsizing e corta gastos com pessoal em 20%

VocêGestor > Blog > Notícias > Oi faz downsizing e corta gastos com pessoal em 20%
Oi faz downsizing e corta gastos com pessoal em 20%

Oi faz downsizing e corta gastos com pessoal em 20% para tentar remediar maus resultados.

A Prestadora Oi e seus resultados

Os números da operadora Oi já não vinham bem há algum tempo, desde 2014. Seus papéis apresentaram queda durante quase todo o ano de 2014 chegando a custar em torno de R$1,00 (OiBR4).

Para se ter uma ideia da desvalorização e ineficiência dessa companhia, quando a Oi comprou a Brasil Telecom em 2008, seus papéis chegaram a custar mais de R$ 45,00.

Oi faz downsizing e corta gastos com pessoal em 20% – Desvalorização

Podem ser vários fatores, por exemplo:

  • Má entrega de serviços;
  • falta de investimento;
  • ineficiência corporativa, não obstante a Oi possuir em seus times ótimos profissionais;
  • Os profissionais seniors também vão sendo dispensados para diminuição da folha.

Surpreendentemente a Oi já teve o melhor material e treinamento de vendas da Oi. Era incomparável à época pós privatização das teles.

Ademais, não é preciso ser um especialista para “follow the money” e entender que ao longo do tempo a Oi – em suas fusões e joins – foi absorvendo as dívidas de outras empresas. Lembra da Portugal Telecom?

A tentativa de reerguer

No inicio de 2015 houve um salto nos valores de suas ações, mas internamente, não houve mudanças interna na companhia. O anúncio desse downsizing ajuda na especulação e aumento no valor dos papéis, mas não resolve problemas endêmicos. Mera especulação.

Segundo fontes houve até mesmo a recusa de ativação de serviços no Corporativo e Empresarial. Inegavelmente, o que ainda sustenta a Oi é o mercado de pessoa física no pré-pago.

Um desesperado corte nas despesas

A Oi confirmou neste 1º de abril de 2015, a demissão de 1.070 de seus funcionários que resultará em uma redução de aproximadamente 20% nas despesas operacionais da empresa.

Como não há grandes investimentos, a eficiência organizacional tem que garantir seus resultados “espremendo” de algum lugar.

A meta para o corte de custos

A Oi comunicou que os cortes são parte do plano orçamentário de 2015 que tem como meta “assegurar ganhos de produtividade e de rentabilidade, com vistas ao fortalecimento da empresa e de sua sustentabilidade”.

Da mesma forma, a prestadora comunicou que efetuará mais de 250 ações para redução de despesas administrativas, não apenas gastos com viagens,  como também o limite de horário da jornada de trabalho para diminuir o consumo de energia elétrica.

Nesse meio tempo os agentes autorizados continuam sua batalha indômita para fazer seus resultados.

O que esperar da Oi

Vamos acompanhar os próximos resultados da companhia ao longo de 2015. Ficamos torcendo para que a companhia desperte para o Corporativo/Empresarial e volte a aquecer o mercado de telecom novamente. Difícil com essa crise!

Entretanto, a despeito de todas as medidas tomadas em 2015, a Oi continua amargando maus resultados. Nada mudou, pois o velho fantasma “TIM compra OI” continua rondando os corredores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts recentes

Categorias

VocêGestor

O VocêGestor traz clareza e simplicidade a ambientes complexos da telefonia, gerando redução de custos, controle de gastos e valor de faturas estáveis.

Endereço

Rua Conselheiro Lafaiete - Nº 1839 - Sala 24 - Sagrada Família
Belo Horizonte / MG.
Telefone: (31) 4141-7429